Em meados da década de Cinquenta início da década de Sessenta, muito por razões económicas e acima de tudo, de sobrevivência, assistiu-se a um êxodo da população Alentejana para o litoral, na busca de melhores condições de vida.

As degradantes condições de vida que se verificavam por esta altura na província Alentejana forçaram a procura de trabalho por outras paragens. A concentração de indústria na região de Lisboa, mais precisamente na zona norte, onde se situa Alverca, tornou-se assim um pólo de fixação para a maioria das famílias que abandonaram as suas terras de origem. 

Em pouco tempo o Bom Sucesso, assistiu a um aumento da sua população, tornando-se rapidamente num Bairro "tipicamente Alentejano", aliás, esta condição ainda hoje se verifica. 

Uma das tradições mais marcantes e de maior expressão, da cultura Alentejana, são os seus cantares, ou seja o "Cante Alentejano" que, faziam parte do dia a dia dos ranchos de homens e mulheres, que de sol a sol trabalhavam nos campos e dessa forma melhor passavam o tempo. 

Como seria de esperar, depressa essa tradição se foi enraizando pelo bairro, principalmente nos cafés e tabernas existentes, onde nos finais de tarde e fins-de-semana se cantava "umas modas" acompanhadas de uns copos de bom vinho. Assim se passavam bons momentos de confraternização entre amigos. 

No início do ano de 1974, mais precisamente no dia 4 de Janeiro, surge a ideia de, a exemplo do que sucedia no Alentejo, criar um Grupo Coral que, no início incluía vozes Masculinas e Femininas. Foram estes os primeiros passos daquele que é hoje o Grupo Coral Unidos do Baixo Alentejo, apesar de nos dias de hoje, apenas existirem vozes Masculinas. O traje utilizado naquela época, praticamente idêntico ao de hoje, era composto por calça e colete preto, camisa branca e lenço multicolor. 

Em 2003 o traje foi melhorado com a introdução de camisa branca com risca preta e chapéu. 

Apesar de originários de vários pontos do Alentejo, predominantemente os elementos fundadores eram provenientes do Baixo Alentejo, daí a origem do nome atribuído ao Grupo. 

Foi esta a principal razão, para rapidamente surgirem os primeiros convites para atuar fora daquela que se tornara a terra adotiva de todos. A linda cidade de Alverca, na altura ainda Vila e mais tarde homenageada pelo Grupo com a criação de uma moda. Os custos resultantes das deslocações eram naquele tempo suportadas pelos próprios, na sua maioria realizadas de transportes públicos. 

No decorrer de 2003 e após vários contatos junto do Município de Vila Franca de Xira, conseguiu a direção em exercício naquele período, ao abrigo de um protocolo, aquela que é atualmente a sede social do Grupo Coral. Com a realização deste objetivo conseguiu-se acabar com os ensaios no velho barracão de zinco, que também servia de sede social. 

Anualmente o Grupo Coral realiza anualmente cerca de vinte atuações, repartidas pelo Concelho de Vila Franca de Xira, ao abrigo do PAMA (Programa de Apoio ao Movimento Associativo) e nas diversas localidades do Alentejo através do intercâmbio cultural com os diversos Grupos Corais. O Grupo dispõe atualmente de um repertório composto por cerca de 30 modas, todas tradicionais. 

Com o aparecimento do PAMA, fomos forçados a dotar o Grupo de mecanismos que permitissem a continuidade dos protocolos assinados anualmente com a Câmara Municipal, pela importância que representam no aspeto económico e financeiro. 

Houve então necessidade de alterar a personalidade jurídica da instituição e a consequente criação de Estatutos mais consistente com a realidade atual. 

Anualmente realizamos o Encontro de Grupos Corais Alentejanos, que varia entre a última semana de Maio e a primeira semana de Junho, conforme o calendário em cada ano, assim o permita. 

Com a realização deste evento procura-se manter "acesa a chama" da Cultura Alentejana dando assim a conhecer a todos a riqueza cultural desta província de Portugal. 

Por iniciativa da Junta de Freguesia de Alverca, o Grupo Coral foi agraciado em 2004 com o Galardão de Mérito Cultural como resultado do trabalho desenvolvido por todos aqueles que durante anos e anos souberam levar por diante a obra iniciada em 1974. 

Ao longo destes trinta e sete anos de existência, foram alguns, os altos e baixos do Grupo, nomeadamente nos que respeita à saída e entrada de elementos. Atualmente o Grupo conta com cerca de vinte elementos cantadores e aproximadamente cerca de cem associados. 

Este é sem dúvida, para esta direção o aspecto mais importante, pela relevância que tem na longevidade desta instituição, que depende essencialmente do seu capital humano. 

No entanto, graças ao espírito empreendedor de todos, tem sido possível, renovar o quadro de elementos e continuar com a atividade regular do Grupo Coral, sempre com o mesmo objetivo, divulgar os costumes e tradições da cultura Alentejana. 

Apesar de atualmente ser o "Cante" Alentejano a única atividade da nossa instituição, não descuramos a possibilidade de criar outro tipo de atividade, ainda que esta não tenha qualquer relação com a atual.

O Portal do Associativismo pretende ser um espaço de comunicação entre o Município e as Associações do Concelho.

Através do Portal as Associações podem divulgar as suas iniciativas, comunicar diretamente com o Município e com as outras Associações, podendo também efetuar as suas Candidaturas a Programas de Apoio Municipais.

O QUE FAZEM AS NOSSAS ASSOCIAÇÕES

  • Instantes - Exposição de Fotografia
  • Colóquio - Os Jovens e a Tauromaquia, que Futuro
  • Bailes - Domingos Dançantes
  • 2ª Edição da Feira Trapos e Farrapos
  • 3º Passeio de Natal - Xira Bike Team
  • 10ª Mostra de Artesanato
  • Massacre Metal Fest
  • Estágio de Patinagem Livre
  • Fado, Samba e Beijos com Língua
  • Campanha de Recolha de Bens
  • Gala e Jantar de Natal do Futebol Clube de Alverca
  • Exposição de Presépios
  • Festa de Natal - Casa do Povo de Arcena
  • 9º Torneio de Natal de Basquetebol
  • Almoço de Natal - Grupo Recreativo do Paraíso
  • Associação Artistas Plásticos - expo
  • Jantar de Natal - Clube Recreativo e Desportivo de Trancoso
  • Exposição de Artesanato e Venda de Natal 2019
  • Xira Natal
  • Dia da Modalidade - Basquetebol Feminino
  • Noite de Fados - Sociedade Recreativa da Granja
  • Há Festa de Natal na Floresta
  • Concerto de Natal - Associação Coral Ares Novos
  • Dádiva de Sangue e Medula Óssea - 0712
  • Concerto de Natal - Escola de Música do Ateneu
  • Férias Desportivas Natal 2019 - SFRA
  • Reveillon 2019-2020 - UDCAS

Ligados

Temos 47 visitantes e 0 membros em linha

Visitas

Hoje64
Ontem410
Esta Semana1655
Este Mês1948
Total512938

Onde estamos

gamaj